Ovos para crianças

Ovos para crianças: ideal a partir de qual idade?

Você conhece os benefícios dos ovos na alimentação? Já teve dúvidas se era seguro oferecer ovos para crianças? Tabelas nutricionais parecem, muitas vezes, confusas e sem sentido?

Então, tendo esses questionamentos em vista, vamos desmistificar o consumo de ovos e entender como eles podem fazer parte de uma alimentação saudável e equilibrada, inclusive para a garotada. Boa leitura!

Janela imunológica infantil

Antes de trazermos os benefícios dos ovos para crianças, vamos conhecer o conceito de janela imunológica infantil. Você já ouviu falar desse período de desenvolvimento? A janela imunológica é um intervalo de tempo propício para o amadurecimento do sistema imunológico da criança.

Nesse período, o sistema imune precisa ser estimulado para se desenvolver corretamente. A introdução alimentar, a partir dos 6 meses, funciona como um grande estímulo, pois através da alimentação o corpo vai aprender quais proteínas estranhas são bem-vindas e quais são uma possível ameaça.

A partir de qual idade crianças podem consumir ovos?

A janela imunológica, portanto, é um momento de aprendizagem, que ocorre normalmente entre os seis meses e um ano de idade. E esse é o período ideal para que a criança entre em contato com o ovo. Inclusive, consumir ovos logo no início da introdução alimentar ajuda a diminuir as chances do desenvolvimento de alergias.

É como se fosse uma oportunidade para o organismo conhecer os alimentos que fazem bem, ajudando-o a evitar barreiras no sistema imunológico que podem resultar em alergias alimentares. Aliás, vale ressaltar que o ovo aumenta a imunidade por apresentar, entre outros benefícios, uma boa quantidade de vitaminas A e E.

Por muito tempo acreditou-se que os ovos não deveriam ser oferecidos aos bebês, por ser um alimento alergênico. Pois bem, agora você já sabe que o ovo está liberado a partir dos seis meses de idade, ou seja, logo no início da introdução alimentar. Então, que tal entender os benefícios que os ovos trazem para o desenvolvimento das crianças?

Quais os benefícios do ovo para o desenvolvimento da criança?

O ovo é, em primeiro lugar, uma ótima fonte de proteína de alto valor biológico. Isso significa que suas proteínas apresentam os nove aminoácidos essenciais que nosso corpo não fabrica.

Pense na fase de desenvolvimento do bebê. A criança está crescendo e aprimorando suas habilidades motoras — é nesse momento que as proteínas vão desempenhar um papel fundamental no crescimento e amadurecimento do organismo.

Outro fator interessante é a questão da saciedade. Um bebê que consome um pouco mais de proteína ficará saciado por mais tempo e menos esfomeado em comparação aos bebês que se alimentam sobretudo de leite com farináceos e açúcar em excesso.

Mais um fator nutricional importante é a gordura monoinsaturada, predominante no ovo e que faz bem à saúde do coração. Além desse tipo de gordura, o ovo ainda apresenta gorduras saturada e poli-insaturada (ômega 3), responsáveis por fornecer energia e colaborar para aumentar a saciedade.

E os benefícios não param por aí. Os ovos ainda possuem boas quantidades de vitamina A, vitamina E e vitaminas do complexo B, incluindo a famosa B12, essencial para a formação das células sanguíneas e fundamental para o desenvolvimento e manutenção das funções do sistema nervoso central, que nos ajuda a manter uma boa disposição física e mental.

Além das vitaminas, os ovos também são fontes de minerais como o selênio, o zinco, o cálcio e o fósforo. A anatomia do ovo é rica em nutrientes de diversos tipos, que atuam na nossa saúde como um todo.

Existe ainda um outro fator muito vantajoso no consumo de ovos por bebês e crianças. O ovo é rico nos ácidos DHA e ARA. O DHA, abreviatura em inglês de docosa-hexaenoic-acid ou ácido docosa-hexaenoico, é um ácido graxo do tipo Ômega-3.

O DHA é essencial no desenvolvimento cognitivo, na aprendizagem e na visão das crianças. Esse ácido também atua na manutenção da saúde cerebral, pois ajuda a construir e estruturar a comunicação entre os neurônios do nosso cérebro e manter essa comunicação sempre adequada.

Já o ARA, ácido araquidônico, é um integrante da família do Ômega-6 que atua no desenvolvimento do sistema nervoso.

Como oferecer ovos para crianças?

Muito bem, algumas dúvidas já foram tiradas do nosso caminho. Agora você já sabe que é totalmente seguro e recomendado que o ovo faça parte da introdução alimentar do seu filho a partir dos seis meses. Você também já conferiu todos os benefícios nutricionais deste alimento e como ele pode colaborar para um desenvolvimento infantil mais saudável.

Mas como inserir o ovo na alimentação diária? Na fase de introdução alimentar, aos seis meses, o ovo entra na composição da papa salgada, no lugar reservado às proteínas. 

Devemos ter sempre em mente que esse processo é lento e gradual. Alguns bebês podem estranhar e até recusar determinados alimentos no início, mas isso não significa que a criança nunca comerá aquele alimento. É necessário paciência e muitas tentativas, oferecendo a mesma comida de formas diferentes, pelo menos umas 10 vezes até que a criança a aceite.

E se tem um alimento que é o rei da versatilidade, esse alimento é o ovo! O ovo pode aparecer no prato cozido, frito (de preferência em água), mexido, em forma de omelete e até mesmo em um lanchinho.

Quando a criança ainda está no começo da aventura da alimentação, é importante que a pessoa responsável por preparar a comida cuide da quantidade de sal, que deve ser bem pequena nesse início.

Outro detalhe importantíssimo é oferecer o ovo sempre com a gema muito bem cozida, que pode ser amassada e oferecida com a clara picada em pedaços pequenos.

Em resumo, os ovos para crianças podem ser muito variados e saborosos! Depois da fase da introdução alimentar, quando a criança já estiver comendo a mesma comida da família, o ovo ainda pode fazer parte de bolos, tortas, pães e muitas outras receitas saudáveis e deliciosas, como a panqueca de banana. Veja a seguir como preparar!

Panqueca de banana

Ingredientes

Modo de preparo

Misture todos os ingredientes e coloque pequenas porções para grelhar em uma frigideira levemente untada com azeite. Deixe dourar dos dois lados. Sirva em seguida. Bem fácil, não é mesmo?

Gostou das dicas? Conhece alguém que pode estar com dúvidas sobre como oferecer ovos para crianças? Compartilhe este artigo nas redes sociais!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.