ovo mexido x ovo cozido

Ovo mexido x ovo cozido: o que muda no valor nutricional?

Comer ovos é um hábito saudável e, sobre isso, não restam dúvidas. Mas será que a forma de preparo do ovo é capaz de interferir em seu valor nutricional? O que é melhor: ovo mexido x ovo cozido?

Se essa também é uma dúvida sua, saiba que ela é muito válida, pois a forma de preparo influencia, sim, o valor nutricional dos alimentos.

Para saber mais sobre o assunto, confira os tópicos a seguir e encontre a resposta de uma vez por todas!

Quais são as diferenças nutricionais entre o ovo mexido e ovo cozido?

Não tem muito tempo que o ovo era considerado vilão quando o assunto é alimentação saudável, acusado, injustamente, de aumentar o colesterol. Hoje é sabido que isso não é verdade, uma vez que esse rico alimento não afeta o nível de colesterol LDL no organismo, e sim o de HDL — aquele considerado “bom colesterol”.

Além disso, o ovo é uma proteína de alto valor biológico e, por isso mesmo, muito usado como alimento pós-treino, pois também aumenta a sensação de saciedade. Comer um ovo por dia pode suprir até 10% da necessidade diária de proteínas de uma pessoa adulta.

Porém, vale lembrar que tudo depende da forma como o ovo é preparado. Quem frita o ovo na manteiga ou no óleo, por exemplo, acrescenta gordura e deixa o preparo menos saudável.

Já o ovo cozido é preparado sem levar essas gorduras, prejudiciais ao organismo. Por isso, ele é menos calórico, contando apenas com 77 calorias, em média. De forma geral, seus dados nutricionais são:

  • valor energético: 77 calorias;
  • carboidratos: 0,6g;
  • proteínas: 6,3g;
  • gorduras totais: 5,3g;
  • gorduras saturadas: 1,67g;
  • colesterol: 211mg;
  • fibra alimentar: 0g.

Já os ovos mexidos, fáceis de preparar e deliciosos, costumam levar outros ingredientes. Quando você coloca gordura ou leite no preparo, por exemplo, torna-o mais calórico.

Portanto, o ideal é preparar os ovos mexidos com um pouco de água e em uma frigideira antiaderente, evitando que ele grude. Dessa forma, cada ovo mexido terá cerca de 100 calorias — o que ainda é maior que no ovo cozido.

Seus dados nutricionais são:

  • valor energético: 100 calorias;
  • carboidratos: 0,98g;
  • proteínas: 6,5g;
  • gorduras totais: 7,6g;
  • gorduras saturadas: 2,9g;
  • colesterol: 200mg;
  • fibra alimentar: 0g.

Ambos os preparos apresentam, em média, 63mg de potássio, mas a quantidade de sódio pode variar conforme você acrescenta sal no preparo – portanto, nada de exageros, hein?

Ovo mexido x ovo cozido: qual é melhor?

Analisando friamente, é possível dizer que, por ter um preparo simples, o ovo cozido é a opção mais saudável e menos calórica, uma vez que só precisa de água e não contém gorduras prejudiciais à saúde que estão presentes nas frituras.

Claro que isso não impede que você possa variar suas receitas e optar por outras formas de preparo, tudo bem? Até porque existem inúmeras maneiras de cozinhar ovos sem perder os benefícios desse rico alimento. Para fritar, aliás, uma ótima dica é utilizar água, em vez de óleo! Mas vamos falar mais sobre isso no próximo tópico, ok?

Quais são as melhores práticas para preparar ovo mexido e ovo cozido?

O ovo é um alimento completo e natural, ideal para quem deseja manter dietas saudáveis e equilibradas. É muito comum que você sinta vontade de variar o preparo: apesar de o ovo cozido ser mais saudável, as outras formas de consumo podem ser tão benéficas quanto, dependendo das combinações feitas.

Para o ovo cozido, o ideal é que o tempo de cozimento esteja entre 7 e 12 minutos, que é o necessário para deixar a gema dura e totalmente livre de microrganismos. Passando desse tempo, o calor causa a perda de nutrientes, como da vitamina B12, e oxidação dos carotenoides, como a luteína e zeaxantina.

Quando cozido pelo tempo máximo, o ovo pode ser mantido fora da geladeira por até 12 horas. A casca, além de protegê-lo enquanto está cru, exerce a mesma função depois do cozimento.

Para enriquecer o preparo, você pode adicionar fibras e grãos como aveia, linhaça, amendoim e sementes, pois esses são alimentos altamente funcionais. Outra opção é combinar o ovo cozido com legumes. Aproveite as fibras e vitaminas presentes nos vegetais e faça uma bela salada!

Ovo mexido

Para preparar seu ovo mexido, escolha óleos mais estáveis a altas temperaturas, como óleo de coco, de girassol ou azeite de oliva.

Outra dica interessante é preparar ovos mexidos na água. Para isso, basta acrescentar um pouco de água à frigideira. Escolher uma boa panela também é uma excelente dica para quem deseja um prato saboroso e bonito.

Por que incluir o ovo na sua dieta saudável?

Quem deseja manter hábitos saudáveis pode, tranquilamente, inserir ovos diariamente nas suas refeições. Como explicamos, ele é rico em nutrientes e uma excelente fonte de proteína.

O ovo também tem papel de destaque na manutenção do bom funcionamento do organismo e em processos vitais de regeneração e transporte de nutrientes. Além disso, ele aumenta a saciedade. Assim, se você comer ovos no café da manhã, vai diminuir a vontade de beliscar alimentos e fazer lanches ao longo do dia.

Esse é um benefício trazido pela tirosina, um aminoácido presente na proteína do ovo e que promove o aumento de dopamina no organismo: um neurotransmissor que está relacionado ao prazer e ao comportamento alimentar, que ajuda a reduzir a vontade de comer doces.

Além disso, o ovo é versátil. Até mesmo um simples ovo cozido pode ser consumido de diferentes formas: puro, em saladas, como proteína principal no almoço, em sanduíches, purês e em diversas outras receitas, que você pode inserir em uma dieta equilibrada e saudável.

Comer ovos complementa suas necessidades alimentares, graças aos micronutrientes que contém. Isso inclui colina, vitamina B12, A, D, E e K, além de carotenoides e minerais diversos (como cálcio, ferro, selênio, magnésio e manganês).

Agora, você já tem uma base comparativa entre esses deliciosos preparos: ovo cozido x ovo mexido. Apesar de o ovo cozido ser, de modo geral, mais saudável, tudo depende da forma como você prepara e consome os ovos em suas refeições. Por isso, opte sempre pelos preparos com menos gordura e faça combinações com outros alimentos ricos para ter uma dieta equilibrada.

Você está mudando seus hábitos alimentares para melhorar sua saúde e disposição física? Entenda como os ovos podem ser grandes aliados nessa adaptação!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.