omelete

Omelete? Confira 4 formas diferentes de preparar

Quem nunca foi a um restaurante ou padaria e se deparou com uma deliciosa omelete no cardápio, com aquela foto de encher os olhos e dar água na boca? Neste momento, é comum pensarmos: por que a omelete que fazemos em casa não fica assim, com cara de prato de chef?

A resposta são os truques, que permitem fazer dessa receita tradicional e simples um verdadeiro prato gourmet.

Quer como fazer uma omelete perfeita, fofinha e bem dobrada? Fica aqui o convite para aprender mais sobre esse prato delicioso e prático para variar suas refeições com sabor e textura!

Comer omelete: uma forma versátil de apreciar ovos

A omelete é um prato bem comum, justamente porque é versátil. É que, além de permitir variar a forma de preparo dos ovos, existe a possibilidade de inserir ingredientes e recheios variados, fazendo com que esse preparo seja um verdadeiro curinga das refeições. 

Existem inúmeras receitas: algumas incluem verduras, temperos e até mesmo outros ingredientes para dar aquele toque diferente. Como o sabor da omelete vai bem com muita coisa, ela permite tantas combinações.

Isso facilita a vida de quem inclui o ovo com frequência nas refeições, porque não cansa o paladar — já que dá para variar bastante a forma de preparo, alternando várias receitas de ovos no cardápio.

Origem do prato: a história da omelete

Não podemos atribuir a “invenção da omelete” a somente uma pessoa. Por ser simples de preparar e levar ingredientes comuns na sua base, essa receita foi feita em diferentes lugares do mundo sem nem mesmo ter sido chamada de omelete.

O nome que conhecemos hoje combina muito com essa delícia e, ao que tudo indica, foi dado na França, por volta do século XVII. Omelete vem de uma variação da palavra alemette, que é um diminutivo da palavra lemelle, que significa camada ou lâmina, em francês.

Isso não impede que a receita receba outras nomenclaturas pelo mundo, como tortilla, na Espanha, e frittata, na Itália. Seja como for, o importante é apreciar o sabor!

Receitas, dicas e truques para preparar omelete

Como já falamos, o preparo permite inserir diversos ingredientes e variar nas receitas, como a omelete verde. Você já experimentou?

Quem não quer abrir mão da saúde e precisa ganhar massa muscular, pode colocar frango desfiado, legumes e até queijos, para obter um prato low carb muito saboroso.

As dicas que selecionamos aqui são para a base desse prato. Você vai aprender a deixá-la mais fofinha, a preparar uma deliciosa versão francesa, a fazer uma boa omelete de forno e, ainda, a dobrá-la da forma tradicional, sem desmanchar. Acompanhe!

1. Omelete superfofinha

Para preparar uma omelete bem fofinha, é importante ter bastantes ovos ou usar os maiores. Para essa receita, o ideal é usar cerca de 2 ou 3 Ovos Jumbo Mantiqueira.

Na hora de quebrá-los, ponha a clara e a gema em um recipiente grande o suficiente para não deixar derramar o conteúdo e bata bem com um garfo ou fouet, até que a mistura esteja perfeitamente homogênea. Ponha a pimenta do reino e o sal a seu gosto no final.

Para que sua omelete não grude, é muito importante usar frigideiras antiaderentes. Aqueça a frigideira e adicione meia colher de manteiga ou um pouquinho de azeite.

O truque para a omelete cremosa e fofinha

Em seguida, deposite a mistura de ovos na frigideira, mas não permita que eles cheguem a fritar! Mexa-os com a espátula, em fogo baixo, movendo também a panela, para cozinhar os ovos uniformemente.

Assim que as bordas ficarem sólidas, comece a puxá-las delicadamente com uma espátula em direção ao centro da panela. Faça isso até que a sua omelete fique mais consistente, pois é o segredo para deixá-la bem fofinha.

Se quiser usar um recheio, o ideal é acrescentá-lo quando a omelete estiver quase cozida. Coloque-o na sua omelete e, com a espátula, feche-a. Para fazer isso, você pode inclinar a frigideira a partir da parte que estiver mais sequinha.

Deixe no fogo apenas o suficiente para derreter ou aquecer o recheio, pois isso vai manter uma parte da omelete cremosa.

2. Omelete de forno

Esse é um prato completo, prático e delicioso. Para algumas pessoas, ele nem pede acompanhamento! Se tiver bastante gente em casa para almoçar ou jantar, a omelete de forno serve a todos.

O diferencial da omelete de forno é a textura e a possibilidade de incrementar ainda mais os recheios, transformando-a em um prato diferente a cada vez que você preparar: basta variar os ingredientes.

Vamos à receita?

  • 5 Ovos Gourmet Mantiqueira
  • 4 colheres de sopa de leite
  • ½ colher de chá de sal
  • 4 colheres de sopa de cebolinha picada
  • 1 tomate sem sementes picado
  • 1 abobrinha ralada
  • 1 cenoura ralada
  • ½ xícara de chá de queijo branco em cubos

Essa quantidade de ingredientes rende 4 porções e um prato saboroso e saudável, que fica pronto em 30 minutos.

Preaqueça o forno a 200°C. Bata levemente os ovos com o leite e o sal em uma vasilha. Adicione, aos poucos, a cebolinha, o tomate, a cenoura, a abobrinha e o queijo, misturando bem.

Deposite a mistura em um refratário pequeno, para dar volume à sua omelete. Assim, ela não fica ressecada. Leve-a para assar por cerca de 20 minutos ou até que esteja firme e dourada.

3. Omelete francesa

A omelete é um prato comum na França, feita de forma simples e servida, como destaque, no café da manhã, em lanches e nas principais refeições. Isso mesmo: franceses também preparam ovo para o almoço!

A receita original leva apenas os ingredientes básicos e pede alguns cuidados para que o resultado saia perfeito, como o típico prato francês.

Você pode usar de 1 a 3 Ovos Ômega 3 Mantiqueira, aumentando os benefícios do prato para a sua saúde.

A omelete francesa ideal é levemente dourada, delicada, roliça e macia. Para alcançar esse objetivo, é preciso ter cuidado com a proporção dos ingredientes.

A manteiga é usada na receita original e precisa ser suficiente para que a omelete não fique ressecada, mas também não pode fazer com que ela engordure toda.

Além disso, os ovos devem ser batidos com garfo (e não com um fouet), para não quebrar a liga das claras e fazer com que ela incorpore perfeitamente as gemas. Bata os ovos apenas o suficiente para misturá-los.

Em seguida, salpique o sal e a pimenta sobre a mistura. Aqueça uma frigideira antiaderente somente o suficiente para derreter a manteiga e despeje os ovos. Fique de olho: você deve começar a dobrar assim que perceber que a sua omelete está dourando.

Com a espátula ou um pano, dobre uma borda e, depois, sobreponha a outra. Em seguida, retire sua omelete da frigideira para que ela não resseque.

4. Omelete bem dobrada

A pergunta que não quer calar é: como dobrar direitinho a omelete? A dobradura influencia na textura e na cremosidade do prato. Se você fizer isso de forma errada, pode quebrar sua omelete e perder aquela maciez maravilhosa.

A boa notícia é que esse processo não é difícil! Para começar, lembre-se sempre de deixar o fogo entre médio e baixo.

Você vai dobrar sua omelete em 3 partes: quando aquela que está em contato com a frigideira começar a dourar, faça a primeira dobra, levando mais ou menos 1/3 da omelete em direção ao meio.

Mexa a frigideira para que sua omelete se mova mais para o centro e, depois de alguns segundos, dobre a segunda parte (o outro 1/3), sobre a primeira. Em seguida, com cuidado, vire a omelete.

Quanto mais tempo você esperar antes de virar o último lado, mais bem passada ela ficará. Se você gosta de uma omelete mais molhada, espere apenas alguns segundos.

Ovos de boa qualidade: consiga omeletes incríveis

As dicas que listamos aqui vão ajudar você a preparar omeletes maravilhosas, mas o grande segredo está em usar ovos de boa qualidade.

Quem come ovo com frequência sabe que, entre diferentes marcas, dá para perceber a diferença da coloração da gema, do tamanho e até do gosto do ovo! Isso muda conforme a qualidade da criação das aves, a alimentação que elas recebem e o bem-estar delas.

Ao escolher ovos para se alimentar, saiba que os melhores oferecem mais benefícios à sua saúde e dão mais sabor aos seus pratos. Eles podem ajudar você a conseguir a omelete perfeita, macia e cremosa!

Quer saber como escolher ovos fresquinhos e caprichar nas suas receitas de omelete? Então, confira os truques e as dicas que separamos para você!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.