Grupo Mantiqueira anuncia seu compromisso na expansão da produção de ovos com galinhas livres de gaiolas

Será o principal investimento já feito no sistema cage-free do país, com o compromisso de chegar a 2,5 milhões de galinhas livres de gaiolas até 2025

Com 33 anos de atividade, o Grupo Mantiqueira é líder no segmento da avicultura em inovação e tecnologia na América Latina, com produção total de 2,3 bilhões de ovos por ano. Conhecida pelo forte DNA de pioneirismo, a empresa anuncia seu maior investimento e compromisso voltados ao bem-estar animal para a produção em larga escala de ovos no sistema cage-free (sigla para aves criadas livres de gaiolas). A Mantiqueira anuncia que a partir de agora não construirá novas granjas no sistema convencional de produção e chegará à marca de um milhão de galinhas livres de gaiolas até o final de 2021, alcançando 2,5 milhões até 2025.

Com investimentos que ultrapassarão R$100 milhões, o Grupo está construindo duas novas unidades produtoras no sistema cage-free: uma em Cabrália Paulista e outra em Lorena, ambas no estado de São Paulo. Com projetos priorizando ESG (sigla em inglês para Meio Ambiente, Investimento Social e Governança da Gestão), são lastreados em tecnologia de produção e digitalização de processos geridos por equipe especializada. As unidades seguem os rigorosos processos voltados para o bem-estar animal, que incluem a não utilização de gaiolas, permitindo que as aves expressem seus comportamentos naturais como ciscar, se movimentar, arriscar voos rasteiros e subir em poleiros. Lorena será a unidade modelo de tecnologia e sustentabilidade das novas granjas da Mantiqueira e também a primeira do Brasil a ter produção com ninhos automatizados de última geração. Neste processo, as aves colocam os ovos, que rolam e caem em esteiras centrais, por onde são levados à classificação, sem nenhum contato ou toque de mãos humanas.

O compromisso da empresa representa mais um passo decisivo rumo ao consumo consciente e reflete a preocupação do grupo com o bem-estar animal. “Queremos posicionar o Brasil no mapa mundial do bem-estar animal. Vamos trazer o futuro para a avicultura brasileira e liderar a iniciativa em larga escala no país, em alinhamento com as tendências mundiais, fortalecendo o nosso propósito de estar sempre um passo à frente, para atender as futuras gerações”, explica Leandro Pinto, fundador e presidente do Grupo Mantiqueira.

A distribuição dos ovos de galinhas livres de gaiolas atenderá, incialmente, os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná com as linhas de produtos Caipira e Happy Eggs. “O propósito da Mantiqueira ao longo dos próximos anos está na universalização do consumo de ovos de galinhas livres no país. É uma demanda crescente dos clientes e nossos esforços são para trazer estra realidade para o mercado.  É o investimento em tecnologia de ponta que possibilita que a produção cage-free seja feita com o custo semelhante a convencional” reforça o empresário.  

A iniciativa conta com o apoio das principais ONG’s de proteção animal do Brasil e do mundo, que integram a discussão da adoção de sistemas com maiores níveis de bem-estar animal como: Alianima, Animal Equality, Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal, Humane Society International e Mercy For Animals.  Este projeto coloca o Brasil no mapa da indústria mundial, como uma nação que prioriza a qualidade de vida animal na produção de alimentos.

Tecnologia 4.0 e sustentabilidade em Lorena

A granja já está sendo construída com pilares de sustentabilidade ao utilizar energia renovável com os sistema de energia solar e produção de biogás, oriundo da decomposição do esterco das galinhas. Sistemas pioneiros para tratamento de água e esgoto em todo ciclo de produção, uso de caminhões elétricos para transporte de materiais e produtos, bem como ponto de recarga de carros elétricos de clientes e visitantes fazem parte da granja.

Além dos ninhos automatizados, também será possível para acompanhar online e em tempo real o dia a dia do galinheiro. Em Lorena haverá um espaço de visitação onde a comunidade poderá conhecer de perto a produção e a rotina das aves. Está sendo projetada a construção do Museu do Ovo, onde, de maneira lúdica e interativa, a história do ovo como alimento da humanidade será contada ao longo dos anos, bem como seus benefícios para a saúde e receitas. Estaremos cada vez mais próximos da sociedade e cuidando do bem-estar das aves.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.