6 derivados do ovo que estão na sua rotina e você provavelmente não se dá conta

6 derivados do ovo que estão na sua rotina

Você já se deu conta de quantos derivados do ovo consome no seu dia a dia? Possivelmente não! Esse alimento superversátil está tão presente na nossa rotina, mas, muitas vezes, nem percebemos a importância dele. Achamos que o ovo se come apenas nas refeições principais.

Isso está longe de ser verdade! O ovo faz parte de receitas deliciosas que frequentemente consumimos sem lembrar da composição. Quer saber mais? Confira algumas informações sobre esse alimento completo e veja 6 derivados do ovo!

Qual a importância do ovo na alimentação?

Por ser um alimento completo e cheio de benefícios, o ovo está tão presente na nossa alimentação. Ele é fácil de preparar, além de muito saboroso. Sua dupla, clara e gema, forma um par perfeito: enquanto a primeira tem proteínas importantes para o crescimento muscular, a segunda oferece vitaminas vitais ao organismo, incluindo as do complexo B.

O ovo tem boa digestão e é rico em proteínas, além das vitaminas A e D. Em pequenas quantidades, ele ainda tem vitamina C e alguns sais minerais, como Cálcio, Ferro, Potássio e Zinco.

Na clara, traz albumina, uma proteína rica em aminoácidos essenciais para a reconstrução muscular, que também auxilia na perda de peso e aumenta os índices de colesterol HDL (bom) e diminui o LDL (ruim).

E a gema tem ômega 3 e lecitina, muito importante no controle dos níveis de gordura, luteína e zeaxantina, antioxidantes que protegem a saúde dos olhos e ajudam a prevenir males como a catarata.

Quais os derivados do ovo que consumimos sem notar?

Existe um conceito importante que precisamos incorporar em nosso dia a dia que é o mindful eating: devemos estar atentos àquilo que estamos consumindo! Isso faz com que nossa alimentação seja consciente e nos ajuda a ter um estilo de vida mais saudável. É uma questão de autocuidado!

Pensando nisso e aliando essa prática à importância do consumo do ovo, elencamos 6 principais alimentos que possivelmente você come (ou já comeu!) e que têm ovos na receita, mas você não lembrou ou não se deu conta. Quer saber quais são? Confira alguns derivados do ovo!

1. Bolos fofinhos

6 derivados do ovo que estão na sua rotina e você não se dá conta

Um bom bolo fofo leva, com certeza, uma quantidade generosa de claras em neve na composição. Além do fermento para dar estrutura à massa, as claras de ovo conferem leveza e deixam muito fofinho. Ah, e as gemas não ficam de fora: geralmente são batidas com o açúcar, fornecendo cremosidade à mistura desde o início do preparo.

Por isso, certamente aquele delicioso e macio bolo de laranja, de cenoura ou formigueiro, bem aerado que você comeu, levou alguns ovos na receita.

2. Pães

6 derivados do ovo que estão na sua rotina e você não se dá conta

Sim, os pães também levam ovo no preparo! Ele é usado na mistura com o trigo, junto dos demais ingredientes líquidos (como leite ou água morna e óleo) e serve para dar liga à massa.

A proteína presente na clara do ovo cumpre com excelência o papel de manter a massa úmida e manter a ligação entre as partículas do glúten do trigo (ou do substituto, quando for o caso). A gema não é desperdiçada, pois dá cor, sabor e enriquece nutricionalmente a massa.

Existem pães que não levam ovo? Com certeza, há substitutos para isso, mas a receita tradicional do pãozinho caseiro leva ovo até na cor: a pincelada de gema sobre a massa confere o aspecto douradinho à casca do pão que sai do forno.

3. Maioneses cremosas

O ovo está até na maionese? Claro! E mais: ele é o grande responsável pela estrutura cremosa que ela tem. O ovo (muitas vezes gelado) é usado para emulsionar a maionese. As gemas são a grande estrela desse preparo.

Aliás, existem inúmeras receitas de maionese de ovo, sabia? Algumas delas levam apenas ovos e óleo. E há variações em que o ovo é usado cozido.

Bom, seja em receitas de maionese verde, fit, dijon, com wasabi e afins, lá está o ovo, como estrela principal!

4. Macarrão caseiro

Macarrão sendo produzido

Assim como é o caso dos pães, no macarrão caseiro, o ovo também é usado para dar liga ao trigo.

No preparo das massas em geral, aliás, o ovo é colocado no centro de um montinho de farinha de trigo ou substituto, sobre uma bancada, para facilitar a incorporação. Em seguida começa o processo de sovar a massa, até que esteja uniforme.

A partir daí, as receitas variam, conforme o tipo de macarrão caseiro. Mas o fato principal é que, sem o ovo, a massa fica quebradiça, e o preparo se torna muito mais difícil. Além disso, esse ingrediente ajuda a dar o sabor característico delicioso do macarrão caseiro.

5. Merengue aerado

Merengue está na lista de derivados do ovo

Entre as inúmeras receitas de doce de ovos está o merengue aerado, mas nem sempre nos damos conta da presença desse versátil alimento.

O merengue é uma delicada receita de origem francesa (no original, seu nome é “le meringue française”) feita apenas com claras de ovos e uma mistura de açúcar granulado e de confeiteiro. Em alguns lugares, ele é conhecido como suspiro.

As claras são batidas até ficarem em neve, formando picos bem estruturados e, em seguida, o açúcar é acrescentado aos poucos.

6. Albumina

imagem de um scoop com albumina

Essa com certeza você já lembrou quando citamos a importância do ovo! A albumina, aquele suplemento proteico que frequentemente os atletas usam nas academias, vem exatamente da clara do ovo.

Ela também está presente no leite, mas sua maior fonte é o ovo (tanto que tem um sabor bem característico), do qual é obtida por desidratação e pasteurização.

Quais os benefícios do ovo para a saúde?

O ovo tem diversos benefícios para a saúde, alguns dos quais já citamos aqui. Mas você pode conhecer outros mais, incluindo:

  • o aumento de massa muscular por ser rico em proteínas que fornecem energia ao organismo, além de ferro e vitamina B, que aumentam a oxigenação e melhoram o transporte de nutrientes para as células;
  • o auxílio na perda de peso também por causa das proteínas, o ovo dá aquela sensação de saciedade por mais tempo, diminuindo a vontade de comer durante o dia e ajudando a perder peso, já que não tem carboidratos;
  • o aumento da imunidade — graças às vitaminas e aos carotenoides que contém, que agem como antioxidantes, o ovo melhora as funções das células e fortalece o sistema imunológico, ajudando a prevenir doenças como o câncer e problemas cardiovasculares;
  • a redução do colesterol ruim como já citamos, os antioxidantes presentes no ovo, luteína e zeaxantina, combatem os radicais livres e evitam a oxidação das células de gordura. Isso ajuda a reduzir os níveis do colesterol LDL, que é ruim para o organismo, e faz do ovo um forte aliado na prevenção de doenças como a aterosclerose, o infarto e o derrame;
  • a saúde da pele a presença de selênio e zinco no ovo faz com que ele melhore a absorção de colágeno e ajude a manter a pele firme e hidratada. E tem mais: por ser rico em vitamina A, E e carotenoides que combatem radicais livres, o ovo previne rugas e flacidez;
  • o combate à anemia — graças à presença de ferro, vitamina B12 e ácido fólico, que participam da formação de hemoglobina, um dos componentes do sangue responsável pelo transporte de oxigênio, o ovo ajuda a combater anemias;
  • o fortalecimento dos ossos o ovo melhora a absorção de cálcio e ajuda a prevenir doenças como a osteoporose e a osteopenia, pois tem boas quantidades de vitamina D e fósforo;
  • a saúde mental ele também melhora a aprendizagem e previne doenças degenerativas como o Alzheimer e o Mal de Parkinson, pois apresenta colina, vitamina que participa da formação da acetilcolina, um neurotransmissor importante para o cérebro;
  • o combate à depressão os ovos são ricos em ômega 3, nutriente que protege o sistema nervoso central e melhora a produção de serotonina e dopamina, responsáveis pela sensação de bem-estar e regulação do humor.

Viu só? Comer ovos só faz bem para sua saúde! Esse alimento incrível é tão versátil que está presente até em receitas diferentes, de forma discreta, fazendo você consumir derivados do ovo sem perceber.

Gostou de saber dessas dicas e informações? Então, compartilhe este post em suas redes sociais e leve essas informações adiante!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.